+55 21 3419-6004

RBCA Tier I – Qualitative

RBCA Tier I - Qualitative

A RBCA é um termo genérico aplicado ao processo metódico que estrutura as medidas de ação corretiva, categorizando os sítios de acordo com o risco. O processo possibilita a aplicação de níveis adequados de intervenção e supervisão, e facilita o foco na aplicação dos recursos (geralmente limitados) aos sites que apresentam maior risco, visando à máxima proteção à saúde humana e ao ambiente. A avaliação é feita em três níveis de complexidade (Tier 1, 2 e 3), opcionalmente progressiva de acordo com o problema em questão, com informações cada vez mais específicas quanto maior for o nível da avaliação.

No tier 1 é feita uma avaliação geral preliminar, sendo estabelecidos os níveis de triagem baseados no risco (risk-based screening levels - RBSLs. São reunidas informações sobre (i) o site de liberação; (ii) seleção e dados dos agentes químicos de interesse; (iii) a localização dos potenciais pontos de exposição; (iv) vias e receptores humanos; entre outros, para a construção de um Cenário de Exposição Conceitual do Sítio (Site Conceptual Exposure Scenario), definindo níveis conservadores para a exposição Esses valores são estabelecidos utilizando modelos de exposição, destino e transporte para exposição direta e indireta, sendo de caráter não específico do site. Se não se assume que as condições no sítio são semelhantes aos pressupostos no tier 1, ou seja, que o tier 1 é insuficiente, prossegue-se com uma avaliação mais detalhada, com dados específicos do site.

Comments are closed.